Ter uma pele bonita e com características atraentes é um desejo comum entre as pessoas — afinal, esse é um cartão de visitas, independentemente de gênero, da idade ou da profissão. Por isso, descobrir como evitar espinhas por meio de algumas atitudes simples é muito importante.

O fato é que, ao contrário do que muita gente pensa, não é preciso gastar grandes quantias de dinheiro com produtos extremamente caros e tampouco passar horas investindo em tratamentos complexos. Muitas vezes, pequenas mudanças podem trazer o melhor resultado. Confira este post sobre o tema:

1. Higienize diariamente a sua pele

É muito importante que você deixe a sua pele saudável, tão livre quanto puder das impurezas a que ela é exposta diariamente. Para fazer isso do jeito certo, é muito importante que você só trabalhe com produtos específicos para acne, que terão as características certas para deixar tudo equilibrado e sem causar agressões.

Sendo assim, busque criar o hábito de lavar o rosto ao menos duas vezes ao dia (manhã e noite), seguindo as recomendações do seu dermatologista. Procure também manter na sua nécessaire um bom produto anti-acne, que possa tratar adequadamente as lesões já existentes.

2. Tenha uma alimentação saudável

O passo seguinte para evitar espinhas consiste em ter uma alimentação balanceada, com foco em alimentos pouco (ou nada) processados e com menos teor de carboidratos (açúcar). Isso fará com que o seu organismo funcione melhor como um todo — o que invariavelmente será refletido em sua pele.

Embora as pesquisas não sejam unânimes ao afirmar que determinado tipo de nutriente cause diretamente a acne, o fato é que existe uma correlação bem esclarecida, por exemplo, entre o consumo de açúcares refinados.

3. Faça os procedimentos adequados

Nos dias de hoje, é muito fácil encontrar anúncios e propagandas sobre diversos tipos de procedimentos que prometem deixar a sua pele incrível, mas é fundamental ter a consciência de que você deve escolher com moderação quais realizar e também só fazê-los com profissionais capacitados e de confiança.  

Em linhas gerais, o dermatologista é a alternativa mais adequada, pois além de dominar a técnica, esse especialista também está capacitado para medicar, tomar os cuidados necessários e reverter eventuais efeitos adversos, através de uma limpeza de pele ou dos peelings químicos, por exemplo.

4. Controle a sua exposição ao sol

Por fim, um erro muito comum de quem deseja evitar espinhas é achar que os raios solares minimizarão a aparência do problema, mas o fato é que uma exposição excessiva pode, inclusive, piorar a situação. É justamente por isso que você deve ter controle nesse aspecto.

Qualquer pessoa, sobretudo quem tem acne, deve usar um protetor solar de boa qualidade duas vezes ao dia, pois as radiações UVA e UVB podem promover o surgimento de manchas e incentivar a produção de oleosidade, gerando ainda mais espinhas.

E agora, tudo certo para evitar espinhas e ficar com uma pele incrível? Gostou deste artigo? Então que tal também conferir nosso outro post com os principais mitos e verdades sobre a acne?