Acne, brilho, cravos e espinhas são características comuns quando o assunto é pele oleosa. É o seu caso?

O sebo é uma mistura de substâncias que ajuda na proteção e na manutenção da integridade da pele, mas, em excesso, acaba provocando a oleosidade.

Como evitá-la ou atenuá-la? Bem, para saber mais você vai precisar conferir os cuidados com a pele oleosa relacionados logo a seguir…

Afinal, o que é uma pele oleosa?

Conforme foi dito, a oleosidade resulta da produção excessiva de sebo, a qual deriva da hiperatividade das glândulas sebáceas.

Como consequência desse excesso de sebo, a pele fica mais oleosa, com poros dilatados, acne e aparência brilhosa ou gordurosa.

As causas da pele oleosa podem estar ligadas a fatores hormonais, genéticos, alimentares, medicamentosos ou comportamentais – relacionados a hábitos que intensificam a produção de sebo.

Cuidados com a pele oleosa essenciais

Confira agora 4 dicas indispensáveis para cuidar da pele oleosa:

1. Lave o rosto com moderação

Lavar o rosto com um gel de limpeza adequado é um passo importantíssimo para tratar a pele oleosa. Mas, vá com calma! Lavar de forma exagerada não irá ajudar, pelo contrário, pode ser causado um efeito rebote. Isso porque os muitos enxagues podem retirar toda a camada de sebo, o que faz a pele entender que está desprotegida. O resultado? Maior produção de sebo.

Os produtos para limpeza e a quantidade de vezes que ela deve ser realizada precisam estar em conformidade com as orientações do seu dermatologista de confiança.

2. Proteja-se do sol com os produtos certos

A proteção à pele é essencial, independentemente da estação do ano ou do período de tempo em que você terá contato com o sol.

Utilize sempre um fotoprotetor não oleoso que, além de evitar a oleosidade, também prevenirá queimaduras, o envelhecimento precoce e doenças como o câncer de pele.

Após o uso desse produto, a dica é aplicar um pó compacto com fator de proteção.

3. Remova toda a maquiagem à noite

A maioria das mulheres já sabe que dormir com maquiagem não é uma boa ideia. Mas a prática de não retirá-la para se deitar continua sendo muito comum. Para quem já tem uma pele oleosa, o efeito disso é ainda mais nocivo.

O excesso de maquiagem e a sua não retirada por completo antes de dormir aumenta o nível de obstrução dos poros e, consequentemente, eleva a produção de sebo. Melhor não arriscar!

Lembre-se de lavar bem o rosto (sem exagero, ok?) e retirar todos os resíduos, preferencialmente com os dermocosméticos indicados para você.

4. Consulte um dermatologista

Um passo fundamental para cuidar da pele oleosa é apostar no uso dos produtos corretos, com uma formulação adequada e com ativos apropriados para o seu caso.

É preciso bastante atenção neste ponto, pois, de modo contrário, é possível até piorar o problema, aumentando o brilho da pele e o surgimento de espinhas.

O melhor a fazer é buscar as orientações de um dermatologista que, a partir de análise atenta, indicará as opções corretas para o seu tratamento.

Seguindo práticas como essas ficará mais fácil manter a saúde e beleza da sua pele.

Quer saber mais? Então assine a nossa newsletter. Até breve!